PSDB não se comovem com Narcio preso e lavam as mãos

PSDB não se comovem com Narcio preso e lavam as mãos

Detido por suspeita de integrar um esquema de superfaturamento em obras do Estado, o ex-deputado e ex-secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior Narcio Rodrigues não esta contando com  ajuda dos correligionários do PSDB.

De acordo com interlocutores ligados ao partido, a situação de Narcio é tão delicada que tem sido praticamente ignorada por outras lideranças da legenda.

Segundo a fonte, o presidente do partido em Minas, o deputado federal Domingos Sávio (PSDB-MG), não irá “mover uma palha” porque considera que não está envolvido em nada no caso Narcio. Já o ex-secretário de governo Danilo de Castro (PSDB) também não tem se comovido com a situação. Danilo e Narcio, aliás, nunca foram lá muito próximos, sendo que a saída do ex-deputado da coordenação de campanha de Pimenta da Veiga para governador de Minas, em 2014, foi idealizada pelo próprio Danilo, que assumiu a função logo em seguida.

Já o senador Antonio Anastasia, relator da Comissão do Impeachment no Senado, está tão ocupado com o colegiado que nem sequer tem mencionado o caso de Narcio a pessoas próximas. O caso é parecido com o de Aécio Neves, presidente nacional do PSDB, mas que também tem direcionado a atenção a outros assuntos.

Recentemente, surgiu a hipótese de que Narcio poderia realizar uma delação premiada e colaborar com a investigação do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) para destrinchar o esquema. A possibilidade foi tratada por tucanos como uma tentativa de “ameaça” e um “grito por ajuda”. Pelo visto, a estratégia não funcionou

voltar ao topo